Falecimento de Luís Tenderini

Na sexta-feira, 01 de julho, recebemos com muita dor, a notícia do falecimento, aos 79 anos,  do nosso fundador, o italiano Luís Tenderini. Luigi (seu nome de batismo, embora preferisse a forma aportuguesada de Luís) lutava contra um câncer há dois anos, que se agravou para um quadro de Leucemia.

Seu corpo foi velado na noite do mesmo dia na Escola de Educação Profissional Luís Tenderini, sendo sepultado na manhã no dia seguinte, 02.07.2022, no Cemitério de Santo Amaro, no Recife.

A sua morte foi noticiada no Diario de Pernambuco, Jornal do Commercio, NETV e jornais internacionais, como o Avvenire e outros. Recebeu ainda a manifestação de notas de pesar de várias autoridades políticas e organizações sociais.

Deixou viúva sua companheira, 3 filhas e vários netos, além dos companheiros que fazem a Associação dos Trapeiros de Emaús em Recife, incluído a Escola Luís Tenderini.

Em sua homenagem, foi realizada uma missa na Igreja das Fronteiras, em Recife, em 09 de julho de 2022, que contou com a presença dos integrantes dos Trapeiros de Emaús de Recife e de outros países, além de autoridades e integrantes de organizações sociais sociais da sociedade civil.


 

Homenagem a Luis Tenderini, na Missa de 7º Dia, em 09.07.2022, na Igreja das Fronteiras, em Recife, por Leandro Patricio, Gestor da Escola de Educação Profissional Luís Tenderini.